Tianguá 

Bando interestadual é acusado de arrombar caixas eletrônicos em bancos, no Interior, e de atacar residências.


Delegado Tarcísio Abreu Júnior comandou a operação que desarticulou a quadrilha em Tianguá. Um cearense, um paulista e um paranaense foram presos com armas e ferramentas.

O novo superintendente da PF no Estado, delegado federal Sandro Lúcio Caron de Morais, ressaltou a importância da investigação que evitou novos ataques dos assaltantes nas cidades do Interior cearense.

Um sargento reformado da Polícia Militar, identificado como Francisco Cristóvão Pereira da Silva, comandante do programa Pró-Cidadania do Município de Frecheirinha (a 305Km de Fortaleza) e que também acumulava o cargo de membro do Conselho Tutelar de Ubajara, está sendo procurado pela Polícia Federal. Ele é acusado de participação direta nas ações praticadas por uma quadrilha de ladrões de bancos e arrombadores de caixas eletrônicos.

A quadrilha é composta, ainda, por um paulista, Guilherme Santos Diniz, 25; um paranaense, Carlos Gomes de Castro, 36; e pelo cearense André Luiz da Costa, 26, natural de Camocim mas radicado há mais de sete anos em São Paulo. Os três foram presos, ontem, pelos ´federais´ no Município de Tianguá (a 335Km da Capital). O cerco aos criminosos interestaduais teve o apoio do Comando do Policiamento do Interior (CPI) e da 2ª Companhia do 3ºBPM (Tianguá), sob o chefia do capitão PM Arturnane.

A operação que resultou na desarticulação do bando começou com a descoberta de que o grupo estava vindo de São Paulo para se estabelecer no Ceará.

Assaltos

"Eles chegaram há, mais ou menos, dez dias, e já atacaram um supermercado em Tianguá. Tinham vários arrombamentos e assaltos agendados, um deles contra a casa do pai do prefeito de Frecheirinha", afirmou Antônio Tarcísio Alves de Abreu Júnior, delegado regional de Combate ao Crime Organizado da PF no Ceará e coordenador da operação no Tianguá. De acordo com o delegado, o sargento era responsável pelo apoio logístico da quadrilha. "Ele fornecia armamento e transporte. Atuou como olheiro no ataque ao supermercado de Tianguá", disse. O delegado Tarcísio acredita que o grupo pretendia formar uma nova célula, no Ceará, especializada em arrombamentos de caixas eletrônicos.

Máquinas

"Em São Paulo, um dos presos já é especialista em assaltos do tipo ´saidinha bancária´. Outro já responde por roubos. Eles tinham ferramentas que são utilizadas em arrombamentos e esperavam se especializar nos ataques às máquinas de autoatendimento", acrescentou.

Além das ferramentas, um revólver de calibre 38 com numeração raspada foi apreendido em poder da quadrilha. Objetos roubados do supermercado, como dinheiro, computador e cheques, foram recuperados pela PF em poder dos assaltantes. A Polícia Federal não descartou a possível relação do bando com outras quadrilhas que já atuam no Estado. Para o novo superintendente da PF no Estado, delegado Sandro Lúcio Caron de Morais, a intervenção da instituição com a prisão do bando evitou diversos crimes no Interior do Estado.

"A quadrilha estava sendo acompanhada ainda de São Paulo. Como se trata de um grupo criminoso com atuação interestadual, a investigação estava sendo feita pela PF. Mas tivemos grande apoio da Polícia Militar do Estado", destacou. Ele avaliou que a forte repressão ao crime nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, especialmente, tem provocado a migração de grupos criminosos para o Nordeste e outras regiões do Brasil. "Por isso, temos dado tanta ênfase no combate ao crime organizado", disse.

Planejado

Dentre as ações planejadas pelo bando para breve estavam, além dos arrombamentos de caixas em agências bancárias, os assaltos a residências de pessoas de alto poder aquisitivo. "Também planejavam assaltar estabelecimentos comerciais no Interior do Ceará", disse. Os três homens presos foram autuados em flagrante por furto qualificado. Eles estão presos na cadeia de Tianguá. Contra o sargento da PM, residente em Frecheirinha, já há um mandado de prisão expedido pela Justiça.

FERNANDO RIBEIRO/ NATHÁLIA LOBO
EDITOR DE POLÍCIA/SUBEDITORA/DN

 





Leave a Reply.