Picture
Cid Gomes cancelou viagem marcada a Cuba para se reunir com comissão de professores grevistas (DIVULGAÇÃO)
Ao mesmo tempo em que prometeu atender duas das principais reivindicações dos professores grevistas da rede pública estadual de ensino, o governador Cid Gomes (PSB) também avisou que, a partir da próxima segunda-feira, determinará a abertura de processo administrativo por abandono de cargo para os docentes que continuarem com atividades paralisadas.


Além disso, em reunião de quase cinco horas, ontem, no Palácio da Abolição, com uma comissão formada por 10 professores e com cinco deputados estaduais, o governador ameaçou pedir a execução da multa determinada pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) contra o Sindicato dos Professores do Estado do Ceará (Apeoc), caso a categoria opte pelo prosseguimento da paralisação. O valor da penalidade pelo descumprimento da decisão judicial que pediu a suspensão da greve já chega aos R$ 200 mil.A partir das 8 horas de hoje, os professores realizam Assembleia Geral no Ginásio Aécio de Borba para definir o destino da greve.


Propostas

Durante a reunião, o governador se comprometeu a construir, nos próximos 30 dias, junto com os professores, uma nova tabela de implementação da Lei do Piso Nacional na carreira do magistério e a implementar, de forma progressiva, um terço da jornada de trabalho dos docentes para atividades extra classe a partir de 2012. Cid reiterou que os compromissos assumidos estão condicionados ao fim da greve. Em razão da urgência da implementação da Lei do Piso por parte do Governo, Cid propôs, ainda, separar os professores de nível médio -que são em torno de 250 -da atual tabela do magistério, criando tabela específica para esses profissionais.

Segundo o presidente do Sindicato, Anízio Melo, o governador não descontará os dias de trabalho perdidos no salário dos professores durante a greve até a próxima segunda-feira.A secretária de Educação do Estado, Izolda Cela, não compareceu à reunião porque estava no Uruguai, participando de uma missão do Banco Mundial.


ENTENDA A NOTÍCIA


Foi a 2ª reunião de Cid com a categoria, após o início da greve, há 49 dias. O primeiro encontro ocorreu no dia 25 de agosto, quando se prontificou a retirar a proposta apresentada por ele e rejeitada pelos professores.


Informações Jornal O Povo

 


Comments




Leave a Reply