No Ceará duas faculdades foram apontadas por a OAB, são elas: 
Faculdade Luciano Feijão  (Sobral) e Instituto Ceará de Ensino e Cultura - ICEC ( Fortaleza )  
No Piauí a Faculdade CHRISFAPI, também está na lista com índice zero de aprovação.


A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) divulgou  dia 05 de julho a lista com as 90 faculdades cujos estudantes de direito se submeteram à última edição do Exame de Ordem, mas não tiveram nenhum candidato aprovado após as duas etapas do exame. O índice representa 14,75% das 610 faculdades que tiveram alunos matriculados na prova.

A listagem, afirma a ordem, será encaminhada ao ministro da Educação, Fernando Haddad. A intenção da OAB é que elas sejam colocadas sob supervisão do MEC.

Caso seja constatada alguma irregularidade, as instituições podem sofrer sanções que vão da redução de vagas até o fechamento do curso, dependendo da gravidade da situação.

COM INFORMAÇÕES UOL NOTÍCIAS



 
 
Picture
A Peugeot vai lançar no fim do ano no Brasil o sedã 408 na versão Griffe com motor 1.6 THP de 163 cv e câmbio automático sequencial de seis velocidades, o mesmo conjunto que equipa o Peugeot 3008 por aqui. O modelo, que ainda não emplacou em vendas desde fevereiro, quando foi lançado, tem tudo para ganhar o coração dos amantes da velocidade nesta versão turbo. Se no 3008 o desempenho deste motor já é espetacular, ficamos a salivar com os pensamentos sobre o 408, que é 49 kg mais leve (tem 1.431 kg) e tem penetração aerodinâmica muito maior.



Informações da Revista Torque

 
 
Picture
MINISTRO LEÔNIDAS CRISTINO/FOTO:AGÊNCIA BRASIL
Lourenço Canuto
Repórter da Agência Brasil

Brasília - A Secretaria Nacional de Portos deverá publicar até o final da próxima semana editais para a continuidade das obras de melhoria de infraestrutura nos sete principais portos do país. O objetivo é investir R$ 740 milhões até o final de 2013, quando as obras deverão estar concluídas.

De acordo com o ministro Leônidas Cristino, serão feitas obras de dragagem nos portos para permitir a ancoragem de grandes embarcações, que precisam entre 12 e 15 metros de profundidade. “Só depois de feita a dragagem é possível melhorar as condições dos terminais de passageiros nos portos”, disse em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social em parceria com a EBC Serviços.

A Secretaria Nacional dos Portos implementou o Plano Nacional de Logística Portuária, para atender à demanda durante os megaeventos esportivos que vão acontecer no país, nos próximos anos. O ministro destacou que "o país precisa sempre melhorar os portos, pois 90% das riquezas das nações passam por eles" . Por isso, está em andamento também a modernização de estruturas e o desenvolvimento paralelo do Programa Porto sem Papel, para reduzir a burocracia e melhorar a funcionalidade dos serviços.

Os portos que vão contar com as obras de maior porte para a Copa do Mundo e as Olimpíadas são os de Fortaleza, Natal, Salvador, do Rio de Janeiro, de Santos, Manaus e Recife. Os portos de Santos, Rio de Janeiro e Salvador poderão comportar até seis navios cada. Os de Natal, Recife, Fortaleza e Manaus terão ancoradouros para dois navios.

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) prioriza 18 portos ao longo de toda a costa brasileira. Atualmente seis já estão com as obras concluídas. Seis estão em fase de conclusão e os demais, em processo licitatório.

Edição: Talita Cavalcante


 
 
Picture
O último Exame de Ordem da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), realizado em dezembro de 2010, reprovou 88,275% dos 106.891 bacharéis em direito inscritos. Do total, apenas 12.534 candidatos foram aprovados, de acordo com a OAB. O índice de reprovação da edição anterior já havia chegado a quase 90%. A prova é realizada pela Fundação Getulio Vargas.

Dados também mostram que o problema é a má qualidade de parte dos cursos de direito. Das instituições de ensino superior participantes, 81 tiveram aprovação zero, de acordo com o secretário-geral da Ordem, Marcus Vinícius Furtado Coelho. "O presidente (da OAB) vai notificar o Ministério da Educação para colocar todas elas em regime de supervisão, que pode levar ao cancelamento", disse Coelho. O MEC registra 1.120 cursos superiores de direito no país. São cerca de 650 mil vagas, segundo a OAB.




FONTE: G1.GLOBO.COM