O preço do etanol subiu de novo, chegou a quase R$ 2,04 no Brasil e, agora, abastecer o tanque do carro com álcool só é mais vantajoso que com gasolina em Goiás, segundo pesquisa semanal de preços da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) divulgada nesta segunda-feira (28). 

O litro do combustível derivado da cana-de-açúcar custa R$ 1,98 nos postos goianos, valor que corresponde a 69,5% do preço da gasolina, que sai por R$ 2,85, em média. 

Apesar de ter o melhor preço do país, o álcool não compensa em São Paulo faz algumas semanas porque custa R$ 1,90, em média, contra R$ 2,66 da gasolina. Isso quer dizer que o litro de etanol equivale a quase 72% do preço da segunda, o que o torna inviável. 

O uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando seu preço representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do motor ao etanol é de 70% do poder dos motores a gasolina. 

Em outras palavras, basta dividir o preço do álcool pelo da gasolina. Se o número for maior que 0,7, compensa a gasolina. Se for menor, melhor abastecer com álcool. 

Seu bolso 

Escolher a gasolina, no entanto, ainda compensa em 25 Estados e no Distrito Federal. No Acre, um litro do combustível sai por R$ 3,11. Isso ocorre porque o Estado está longe das refinarias, o que encarece o transporte até lá. 

Em Pernambuco, o litro da gasolina custa, em média, R$ 2,64 e, em Minas Gerais, R$ 2,83. No Rio de Janeiro, o litro do álcool custa R$ 2,23 e corresponde a 78,6% do preço da gasolina – R$ 2,84 em média.



Fonte: R7
 





Leave a Reply.