Picture
Tendo em vista o compromisso diante do São Paulo, no próximo domingo (19), o treinador Vagner Mancini comandou na tarde desta quinta-feira, no estádio Presidente Vargas, mais um treino técnico/tático. Na oportunidade, o comandante alvinegro pediu a atenção dos jogadores no posicionamento e exigiu uma maior participação do setor de criação nas jogadas. Além de orientar bastante o grupo durante os trabalhos, Mancini efetuou algumas alterações na equipe e começou a formatar o time que jogará no domingo. O treino foi fechado para a torcida e a imprensa.

A provável formação para o confronto diante do Tricolor Paulista será: Fernando Henrique; Diego Macedo, Erivélton, Sacoman e Vicente; Heleno, João Marcos, Eusébio e Thiago Humberto; Osvaldo e Iarley. O grupo retorna aos trabalhos na tarde desta sexta-feira, no estádio Carlos de Alencar Pinto, em Porangabuçu.

Volta por cima

Para o goleiro Fernando Henrique, uma vitória diante do São Paulo, até então líder absoluto do Brasileirão, com 12 pontos em quatro jogos, trará novamente a confiança para o grupo de jogadores.

- Espero sair vencedor diante do São Paulo. Sabemos das dificuldades, mas o nosso time trabalhou forte na semana e não vai faltar garra para conquistar a primeira vitória dentro dos nossos domínios - disse Fernando Henrique.

Reencontro


Ainda comentado sobre o duelo diante do São Paulo, Fernando Henrique espera dar o troco em Rogério Ceni com uma vitória e se possível não levar gols do "Arqueiro Artilheiro", como aconteceu ano passado, quando Fernando Henrique ainda defendia o Fluminense. A partida terminou empatada em 2 a 2 e Rogério Ceni de pênalti marcou o primeiro gol do São Paulo.

- Espero não tomar gols do Rogério. Naquela partida eles seguram a gente e não permitiram que o Fluminese disparasse na tabela. É como eu já falei, estamos concentrados e cientes que este será um jogo importantíssimo e que vamos buscar os três pontos a qualquer custo - finalizou o arqueiro do Vovô.

Último a saber
A falha do treino do Ceará nesta tarde no estádio Presidente Vargas foi a maneira como o lateral-direito Murilo soube do seu desligamento do clube. O atleta foi comunicado de sua saída quando estava preparado para treinar, já com os outros jogadores. Para a surpresa de todos e, inclusive, a de Murilo, o jogador não acreditou e saiu decepcionado do treino, sendo consolado por alguns dirigentes do Ceará.

Informações Globo Esporte
 





Leave a Reply.